DÚVIDAS SOBRE A PRÁTICA DA MUSCULAÇÃO? PROFISSIONAL DO SESI RIO CLARO ESCLARECE VERDADES E MITOS SOBRE OS TREINOS

Tempo certo para treinar? Treino aeróbico prejudica o ganho de massa magra? É preciso sentir dor após o treino? Essas e outras perguntas foram respondidas pelo professor da Academia do SESI Rio Claro, Rogério Muzinatti

 Por: Comunicação Regional
06/11/202013:39- atualizado às 10:16 em 11/11/2020

Num bate papo de perguntas e respostas, o professor de atividades esportivas, Rogerio Antoneli Muzinatti, esclareceu algumas das principais dúvidas sobre a musculação, modalidade esportiva de treinamento físico que tem como principal objetivo o aumento da hipertrofia muscular e ganho de força.

São muitas dúvidas e mitos que tentamos esclarecer no bate papo que você acompanha agora:


Pergunta: Qual o tempo ideal de treino por dia?


Rogério: O tempo vai sempre depender do objetivo e das características do aluno. Mas quando falamos de saúde e bem-estar o American College of Sports Medicine recomenda 150 minutos semanais de atividade física, que podem ser divididos em três treinos de trinta minutos, por exemplo. Os estudos sustentam essa recomendação mostrando que, treinar duas ou três vezes por semana com duração de pelo menos 20 minutos trarão ganhos de força e massa muscular. Mas é preciso lembrar que não importa o quanto se treina se o “como se treina” for deixado de lado. Portanto, procure sempre uma orientação do profissional de educação física. 


Pergunta: O treino de força realizado na musculação auxilia no emagrecimento? 


Rogério: Sim. Quando treinamos força, e consequentemente, aumentamos os níveis de massa muscular, fazemos com que nosso metabolismo basal consiga otimizar os gastos calóricos mesmo quando não estamos nos movimentando. 


Pergunta: Qual a diferença entre treino de musculação e treino aeróbico? 


Rogério: As diferenças são muitas quando falamos dos treinos aeróbicos e anaeróbicos, desde recrutamento de fibras musculares, vias energéticas sinalizadas, intensidade, volume, duração, etc. Mas basicamente, quando falamos de exercícios aeróbios estamos nos referindo a atividades de longa duração e baixa intensidade que irão auxiliar na melhora cardiorrespiratória como por exemplo a corrida, ciclismo, caminhada, entre outros. O exercício anaeróbico tem como característica altas intensidades e baixos volumes, sendo capaz de otimizar as melhoras neuromusculares e podemos citar como exemplo, a musculação, levantamento de peso, calistenia, entre outros. 


Pergunta: Treinar musculação e aeróbico na mesma sessão de treino prejudica o ganho de massa muscular? 


Rogério: Não. As vias que promovem o ganho de massa muscular não são afetadas pelos treinos aeróbicos nem antes, nem durante e nem depois.


Pergunta: Sentir dor após um treino é sinônimo de resultado? 


Rogério: Não. Existem diversos motivos que causam a dor muscular decorrente de um esforço físico. Apesar da dor sinalizar que aconteceram micro lesões musculares e que isso pode ser um indício de síntese proteica e de hipertrofia, estudos mostram que pessoas que não relataram queixas de dor muscular pós exercício tiveram os mesmos ganhos e resultados. Tudo irá depender da individualidade biológica, suscetibilidade a dor, nível de treinamento e adaptação muscular.  


Pergunta: Por fim, qual dica ou sugestão você daria para alguém que quer incluir na sua rotina semanal a prática de atividade física? 


Rogério: Todos sabemos dos benefícios que a prática de atividade traz para a nossa saúde física e mental. Procure alguma atividade que seja prazerosa para você, não se cobre demais, comece com alguns dias e alguns minutos por semana e vá aumentando aos poucos essa frequência. Procure sempre a orientação de um profissional de educação física, deixando claro seus objetivos, restrições e preferências. Transforme o exercício em uma atividade agradável no seu dia-a-dia e não em mais uma tarefa a ser cumprida como as demais.

Leia também